TRT e OAB se reúnem para tratar de audiências virtuais e volta à fase 1 do Pacto de Retomada

Imagem do Complexo Sede da Justiça do Trabalho em Mato Grosso

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT) e do TRT de Mato Grosso se reuniram na sexta-feira (22) para tratar sobre a realização de audiências durante a pandemia, salas passivas e volta à 1ª fase do Pacto de Retomada das Atividades Presenciais em algumas varas do estado.

Realizado por videoconferência, o encontro contou com a participação, pelo Tribunal, do juiz auxiliar da Presidência Ediandro Martins e da Diretora Geral, Lívia Timm.

Na ocasião, foi destacado que, como já ocorre em outros tribunais do país, a Justiça do Trabalho mato-grossense passará a utilizar as Secretarias Virtuais, a fim de possibilitar o atendimento dos advogados, partes e público em geral por meio de videochamadas, ampliando, desta forma, os canais de comunicação com a sociedade. 

Também foi ressaltado o investimento realizado no ano de 2020 para aquisição de equipamentos de videoconferência e televisores para adaptação das salas de audiências em salas passivas.

A OAB também tirou dúvidas sobre o funcionamento das salas de audiências passivas, que são locais físicos para o depoente que não possa, sem o deslocamento até à vara do trabalho, ser ouvido por meio virtual. Segundo a presidente da Comissão de Direito do Trabalho da entidade, Roberta Borges, a reunião foi muito boa para começar o ano jurídico “com a proximidade e parceria que a OAB e o TRT/MT sempre tiveram”.

Roberta Borges avaliou de forma positiva as ações do Tribunal frente à pandemia. “Vejo que estamos avançando tecnologicamente de forma muito acelerada para compensar o distanciamento social sem qualquer prejuízo à advocacia e ao jurisdicionado. Só pedimos que todos tenham sensibilidade para não trazer prejuízo para os andamentos processuais e segurança jurídica”, disse.

A presidente da Comissão destacou ainda a importância do diálogo entre as instituições. “Temos uma boa parceria com o Tribunal e gostaríamos de manter esse diálogo com todas as partes envolvidas na tramitação processual. Só assim vamos conseguir superar as dificuldades e insegurança que o momento nos impõe”.

(Sinara Álvares)

 

 

 

Palavras-chave: 
Gestor da Informação: