Plano de Logística Sustentável irá auxiliar na otimização de recursos e na consciência ambiental

Foi aprovado este ano o Plano de Logística Sustentável (PLS) do Tribunal Regional do Trabalho de Mato-Grosso (TRT/MT). O plano  é um instrumento de gestão, elaborado com o objetivo de prestar um serviço público de qualidade, com otimização dos gastos dos recursos públicos e redução dos impactos ambientais causados pelas atividades da instituição.

O PLS é regulamentado pela Resolução Administrativa 258/2016. Para elaboração do documento foi formada comissão constituída com representantes de várias unidades, inclusive com servidores da Seção de Gestão Socioambienta, unidade que irá monitorar a gestão do uso sustentável dos materiais de consumo, impressão de documentos e equipamentos, consumo e gasto com energia elétrica, consumo e gasto com água e esgoto, resíduos, qualidade de vida no ambiente de trabalho, serviços de telefonia, entre outras coisas.

A criação do PLS atende à Resolução 201/2015 do CNJ. O plano foi elaborado em consonância com os valores institucionais do Tribunal e aprovado pelo Tribunal Pleno no mês de outubro. A normativa irá ajudar nas ações de sensibilização de consumo consciente e prevenção ambiental, além de uma alternativa para auxiliar nos recursos orçamentários.

O documento está disponível  no site do Tribunal (aba Institucional – Programas e Ações – Socioambiental – Plano de Logística Sustentável) e também na intranet do órgão.

Clique aqui para acessar

 

(Fabyola Coutinho)

Gestor da Informação: