Manual para advogados orienta sobre acesso à plataforma de videoconferência; confira

Imagem - reunião por vídeo

O Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) elaborou um manual para utilização do sistema Cisco Webex, por meio do qual são realizadas as sessões das turmas de julgamento e audiências telepresenciais. A ferramenta foi disponibilizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como parte das iniciativas para reduzir a disseminação da covid-19.

Para realização das videoconferências, as partes, seus procuradores e o Ministério Público do Trabalho (MPT) deverão instalar o aplicativo em seus celulares, tablets ou computadores.

Clique aqui para fazer o dowload do manual.

Os detalhes de como fazer a instalação da ferramenta também estão disponíveis no site do CNJ, no link www.cnj.jus.br/plataforma-videoconferencia-nacional/. O TST também montou uma playlist no YouTube com vídeos explicando como funcionam as videoconferências por meio da plataforma disponibilizada pelo CNJ. Assista aqui.

 

Portaria 068

A realização de sessões e audiências telepresenciais por videoconferência foram regulamentadas pelo TRT/MT na Portaria TRT SGP GP N. 068/2020.

Segundo o documento, a responsabilidade pela conexão estável à Internet, instalação e utilização do equipamento e de acesso à plataforma é exclusiva do advogado, partes e Ministério Público. Além disso, as audiências e sessões telepresenciais têm valor jurídico equivalente às presenciais, asseguradas a publicidade dos atos praticados e todas as prerrogativas processuais de advogados e partes.

(Sinara Alvares)

 

 

 

 

Palavras-chave: 
Gestor da Informação: