Livro que Livra – Primeira remessa de publicações é encaminhada para unidades prisionais

O Tribunal encaminhou, nessa quinta-feira (28), a primeira remessa de obras para serem distribuídas nas bibliotecas de unidades prisionais do estado no contexto do projeto ‘Livro que Livra’, que busca incentivar a leitura por meio da remissão da pena.

Inúmeros livros, das mais diversas áreas do conhecimento, foram depositados na caixa colocada em agosto no saguão do prédio das varas de Cuiabá. Magistrados, servidores, advogados e outras pessoas que passaram pelo local contribuíram.

O ‘Livro que Livra’ objetiva dar acesso à educação e condições para uma reintegração mais breve à sociedade para pessoas privadas de liberdade. O projeto é desenvolvido pela Defensoria Pública de Mato Grosso e surgiu com base na Recomendação n. 43/2013 do CNJ que prevê o estímulo à remissão por meio da leitura em presídios estaduais. A participação do recluso é voluntária e, ao final de cada obra lida, terá que ser apresentada uma resenha a respeito do assunto da publicação que, se aceita, conforme critérios legais estabelecidos, leva a remição de quatro dias. Assim, ao longo de um ano, o condenado poderá ter até 48 dias reduzidos de sua pena.

A caixa para coleta continuará na entrada do saguão do prédio das varas para recebimento de novas doações. Contribua!

 

(Comunicação TRT/MT)

 

 

 

 

 

Gestor da Informação: