LEILÃO – Justiça do Trabalho garante R$ 2 mi para pagamento de trabalhadores

O Leilão Judicial com bens penhorados pelas varas do trabalho de Cuiabá e Várzea Grande arrecadou 2,1 milhões de reais para pagar dívidas trabalhistas. As alienações foram realizadas em duas etapas, nos dias 13 e 27 de março, com esta última ocorrendo apenas na modalidade on-line em razão das ações de prevenção ao contágio do novo coronavírus (Covid19).

Os valores serão injetados na economia ao pagar créditos de trabalhadores em um momento que todos enfrentam dificuldades financeiras, conforme destacou a juíza Paula Freitas, que atua na Secretaria de Apoio à Atividade Jurisdicional do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT).

“O bens arrematados já estavam penhorados há algum tempo e se chegaram a ser vendidos em leilão foi porque todas as outras possibilidades de pagamento dos créditos foram esgotadas. Os valores vão quitar créditos de natureza alimentar, inadimplidos há muito tempo e, agora, esse dinheiro poderá ajudar a prover o sustento dos trabalhadores credores, sobretudo nesse momento de crise”, afirmou.

A magistrada avalia que este foi um leilão bem sucedido, apesar de uma das etapas ter sido realizada exclusivamente on-line em razão da pandemia. “Ainda assim tivemos uma boa arrecadação e um dos fatores para isso foi o empenho do leiloeiro oficial na divulgação”, avaliou.

 

Leilão Regional  

O Leilão Regional, que ocorreria no TRT/MT nos dias 8 e 29 de maio, foi cancelado em razão da suspensão dos prazos judiciais até 30 de abril. Apesar de a data ser posterior à suspensão, a juíza Paula Freitas explica que não haveria tempo hábil para cumprir todos os atos burocráticos necessários. O evento será reagendado em data ainda a ser definida.

(Sinara Alvares)

Gestor da Informação: