Ouvidoria do TRT de Mato Grosso registrou 1.340 manifestações em 2019

Entre sugestões, pedidos de informações, reclamações e elogios, a Ouvidoria do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT) registrou 1.340 manifestações em 2019. Desse total, 1.050 (78,4%) foram solucionadas de imediato pela unidade.

Dúvidas e consultas resultaram em 972 atendimentos, sendo perguntas sobre direitos trabalhista, previdenciário, administrativo e andamento de processos os pontos mais frequentes. Já o item “reclamações” ocupou a vice-liderança, com 239 registros, com as principais queixas envolvendo decisões judiciais, Processo Judicial Eletrônico (PJe) e andamento dos processos.

Também foram registrados 42 elogios para diversas unidades judiciais e administrativas do Tribunal. Entre eles, estavam cumprimentos aos servidores das varas trabalhistas de Cuiabá e do interior, a atuação da Presidência do Tribunal, o trabalho dos servidores terceirizados, entre outros.

Em 2019, a Ouvidoria recebeu ainda 32 sugestões para melhoria dos serviços prestados em diversas áreas da Justiça do Trabalho em Mato Grosso.

A maior parte dos atendimentos (42,4%) foi realizada presencialmente na sede da unidade, que fica localizada no piso térreo do Fórum Trabalhista de Cuiabá. O telefone foi o segundo meio mais utilizado nos contatos, com 256 registros (19,1%).

Responsáveis por 499 manifestações, os autores dos processos trabalhistas foram os que mais utilizaram os serviços da Ouvidoria. O segundo grupo que mais interagiu com a unidade foram os advogados, com 310 contatos realizados.

LAI

A Ouvidoria do TRT também registrou, no ano passado, 35 pedidos relacionados à Lei de Acesso à Informação (LAI). A legislação foi criada em 2011 e determina que os dados de órgãos públicos possam ser acessados por qualquer cidadão, sem necessidade de justificativa.

A partir de dezembro de 2017 foi implantado um sistema para avaliação dos serviços prestados pela Ouvidoria, que inclui o encaminhamento da pesquisa de satisfação ao usuário. A maioria dos cidadãos que entrou em contato com o setor responderam ao levantamento e avaliaram positivamente o atendimento prestado.

Acesso

As manifestações na Ouvidoria do Tribunal podem ser presenciais, por telefone ou mesmo encaminhadas por e-mail ou site. Você pode entrar em contato com a unidade pelos seguintes canais:

  1. Formulário Eletrônico;
  2. Fone: (65) 3648-4325/4030 - 0800 3648 400
  3. E-mail:  ouvidoria@trt23.jus.br
  4. Atendimento presencial, na sala da Ouvidoria, localizada no andar térreo do prédio das varas do trabalho da Capital, de segunda-feira à sexta-feira, das 7h30 às 14h30.
  5. Fale com o ouvidor: A Ouvidoria disponibiliza, também, o serviço ‘Fale com o Ouvidor’, ofertado sempre na última 6ª feira do mês. Para agendar um horário com o Ouvidor, desembargador Tarcísio Valente, basta ligar para 65-96484325/40 ou pelo email ouvidoria@trt23.jus.

 

(Sinara Alvares)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gestor da Informação: